Chega de tragédias!


Em 17/07 um Airbus A320 da TAM, com 186 pessoas a bordo, acabou deslizando na pista do aeroporto de Congonhas e, ao tentar arremeter, acabou por se chocar contra um terminal de cargas da própria TAM, do outro lado da Av. Washington Luís, fazendo com que o número de mortes possa chegar a 200, já que havia pessoas trabalhando no local no momento do acidente. Esse já é considerado o pior acidente aéreo da história da América do Sul.

Até a madrugada desta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros já havia retirado pelo menos 35 corpos de dentro do Airbus. De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o vôo JJ 3054 partira de Porto Alegre às 17h16 e tinha chegada em São Paulo prevista para as 18h50.

Enquanto ouvia o relato dos repórteres, lembrei-me do acidente envolvendo o avião da Gol, em setembro do ano passado, e – como não? – do atentado do 11 de Setembro de 2001. São momentos que nos deixam em êxtase, pensando que nada mais faz sentido nesta vida.

Fico imaginando os planos e sonhos daqueles passageiros… Alguns viajavam para rever amigos; outros, para tratar de negócios importantes. Os tripulantes, cansados, quem sabe aguardavam o momento de chegar em casa e descansar, numa noite chuvosa de inverno. Planos e desejos abruptamente interrompidos. Esta vida é assim. Cedo ou tarde, nossos castelos de areia desmoronam e restam apenas monturos. Mas as coisas não precisam ser assim, a menos que nossas esperanças estejam firmadas apenas nas realidades deste mundo. “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” (1Co 15:19)

Embora Deus não seja o responsável por calamidades como essas (que são resultado de uma realidade distorcida não idealizada por Deus), as Escrituras Sagradas já haviam anunciado que a intensificação desses acontecimentos trágicos prenunciaria a volta de Jesus que é, em última instância, a solução final para todos os males.

Há um século, Ellen White escreveu: “Os palácios da Terra serão varridos pela fúria das chamas. Tornar-se-ão mais e mais freqüentes os desastres de estrada de ferro; confusão, colisões e morte sem um momento de advertência ocorrerão nas grandes vias de comunicação. O fim está perto, a graça está a terminar. Oh! busquemos a Deus enquanto Se pode achar, invoquemo-Lo enquanto está perto!” (Mensagens aos Jovens, p. 89, 90).

Nos resta orar pelas famílias que estão sofrendo neste momento e pregar cada vez com mais ênfase que Jesus está voltando, uma vez que esta – a proclamação da segunda vinda – é justamente a última profecia a ser cumprida, no contexto de Mateus 24 (v.14).
(MICHELSON BORGES)

comments powered by Disqus

Calendário

Cultos Ao Vivo

Rua Joaquim Novaes, 42

Cambuí - Campinas

Telefone: (19) 3236-5298

venha nos visitar
sábado 9h, domingo 19h, quarta-feira 20h